Capela Nossa Senhora do Rosário

Capela Nossa Senhora do Rosário

Construída no início do século XIX, a Igrejinha do Rosário é uma capela de grande beleza arquitetônica que possui características típicas remanescentes do século XVIII. A capela foi construída na época do Império brasileiro, originalmente por escravos auxiliados pelos senhores de terra da região, que tinham o interesse em separar os espaços de cultos religiosos entre brancos e negros No teto da Igrejinha há o desenho de uma bola escura contendo uma face da meia-lua e de uma estrela de oito pontas. Esses dois símbolos representam tanto a construção da capela no período noturno como a sua utilização neste mesmo período, haja vista que o período diurno destinava-se exclusivamente às tarefas do trabalho forçado, restando-lhes apenas a disponibilidade do período noturno, após o expediente obrigatório da escravidão. Assim, representa um grandioso simbolismo para a percepção da lógica escravista em Minas Gerais. Na década de 70 a Capela Nossa Senhora do Rosário recebeu vários objetos provenientes da Igreja Nossa Senhora da Saúde, como o sacrário, originário da Igreja Matriz.

A Capela também é palco de festas tradicionais da cidade como a Festa do Divino, que ocorre em maio e em junho, e os festejos de Nossa Senhora do Rosário, protetora dos negros e escravos, no mês de outubro. Tombada como patrimônio público através do Decreto n° 234/2001, a Igrejinha representa um dos mais importantes bens históricos da cidade de Lagoa Santa.

ENDEREÇO: Rua do Rosário esquina com Rua Marechal Deodoro da Fonseca
DIAS DE FUNCIONAMENTO: Em processo de restauração

NEWSLETTER
close slider